Gripe suína mata no NE, em João Pessoa PB

O estudante de enfermagem Severino Galdino, 31 anos, se tornou a primeira vítima fatal da gripe suína - causada pelo vírus Influenza A (H1N1) - no Nordeste.

A confirmação da morte pela doença foi dada ontem pela equipe médica do Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW), em João Pessoa, na Paraíba.

O atestado de óbito declarou que ele teve falência múltipla dos órgãos. O sepultamento do corpo ocorreu sem velório, no final da manhã, no Cemitério Senhor da Boa Sentença, na capital do estado.

Outras 30 pessoas de delegações da Paraíba e de Pernambuco viajaram em três ônibus para o Congresso da União Nacional dos Estudantes (UNE), em Brasília, entre 15 e 19 de julho, e apresentaram sintomas de gripe.

A dúvida levantada a partir desse momento é sobre a confirmação do vírus H1N1 estar circulando na região Nordeste, o que antes estava restrito às regiões Sul e Sudeste.

No Brasil, a gripe suína já matou 56 pessoas. O caso mais recente ocorreu no município de Uruguaiana, no Rio Grande do Sul. A vítima foi um homem de 45 anos. Ele era fumante, mas não tinha doenças que pudessem agravar o poder do Influenza A.
Compartilhar no Google +

About NCF

Autor

0 comentários:

Postar um comentário

Publicidade