SP registra segunda morte por causa da nova gripe

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo informou na noite desta terça-feira (14) a segunda morte de paciente infectado pelo vírus da influenza A (H1N1) no estado. Esta é a quarta morte por causa do vírus da nova gripe no Brasil.

De acordo com o Hospital de Clínicas de Botucatu, o paciente era um homem de 28 anos, que passou a apresentar febre, dor de cabeça, náusea, vômito, tosse e congestão nasal em 1º de julho.

O governo afirma que ele procurou o serviço médico no sábado (4), quando foi internado. Na terça (7), seu quadro clínico se agravou e foi necessária internação em uma unidade de terapia intensiva (UTI), onde faleceu três dias depois, na sexta-feira (10).

O hospital informou que, durante a internação, foram investigadas doenças como pneumonia bacteriana grave, hantavirose, leptospirose, influenza A e histoplasmose aguda. De acordo com o governo do estado, a investigação inicial aponta que o paciente teve contato com argentinos e chilenos que estavam no país.

Casos no Brasil

A primeira vítima da doença no Brasil foi um caminhoneiro gaúcho de 29 anos, que faleceu em junho. Na última sexta-feira (10), foi confirmada a morte de uma menina moradora de Osasco, em São Paulo. A terceira morte foi anunciada na segunda-feira (13): um menino de 9 anos, morador da cidade de Sapucaia do Sul (RS). O menino morreu em 5 de julho, em Porto Alegre, mas o resultado da análise laboratorial que confirma o contágio só saiu na segunda.

De acordo com o último balanço do Ministério da Saúde, divulgado na sexta-feira, chega a 1.027 o número de registros da doença provocada pelo vírus Influenza A (H1N1), desde os primeiros casos de infecção verificados no Brasil, no dia 8 de maio.
Compartilhar no Google +

About NCF

Autor

0 comentários:

Postar um comentário

Publicidade