Cinco menores cometem homicídio qualificado em Nova Cruz/RN

No último dia 27 de julho de 2009, por volta das 16:00h, no bairro Planalto, os menores das iniciais R.L.S. 16 anos, R.L.S. 17 anos e R.L.S. 15 anos (irmãos), E.G.L. 12 anos e A.M.S. 15 anos, agrediram e apedrejaram o Sr. José Francisco da Costa, 64 anos. O mesmo foi socorrido por uma ambulância no local e encaminhado para a capital do estado - especificamente para o Hospital Walfredo Gurgel – e não resistindo aos ferimentos foi a óbito naquela unidade hospitalar.

Foram feitas diligências na cidade para localização dos adolescentes infratores responsáveis pelas agressões que levaram a vítima a óbito, sendo apreendidos os adolescentes envolvidos no ato infracional com vítima fatal.

Depoimentos dos menores infratores:

Menor das iniciais R.L.S. de 17 anos: Alega que estavam em uma casa vizinha da vítima, tendo seu irmão (R.L.S. de 15 anos) dito que teria sido agredido por aquele e, por isso, passaram a espancar o mesmo com chute, murros e pedradas; Disse que apenas o E.G.L. de 12 anos não participou das agressões; Disse também que seu irmão (R.L.S. de 16 anos) chegou ao local e participou das agressões com chutes contra a vítima; Depois disso, ao verem que a vítima estava caída, o R.L.S. de 16 anos avisou ao pai dos mesmos que acionou a polícia e uma ambulância.

Menor das iniciais R.L.S. de 15 anos: Alega que a vítima lhe chamou e perguntou se o mesmo “tinha uma dose”, tendo dito que não e, caso tivesse não lhe daria, alega ter sido empurrado por aquele e por isso passou a chutar-lo, tendo sido auxiliado por seus irmãos R.L.S. (17 anos) e R.L.S. (16 anos) e seus colegas E.G.L. e A.M.S.

Menor das iniciais R.L.S. de 16 anos: Disse que ia chegando em casa e viu seus irmãos com os colegas agredindo o senhor Francisco; tendo simplesmente corrido e desferido “uma voadora com os dois pés no peito da vítima” que caiu no solo e não se levantou mais. Ao ver a situação, correu para casa e informou do ocorrido ao pai o qual acionou a polícia e uma ambulância; Depois disso fugiram para se esconder.

Menor das iniciais A.M.S. de 15 anos: Disse que viu os seus colegas agredindo o velho e, sem saber por qual motivo, participou das agressões.

Menor das iniciais E.G.L.de 12 anos: Disse que na data do fato em apuração, estava em companhia dos seus primos (os três irmãos) e do menor A.M.S.; Disse ainda que os quatro citados estavam cheirando cola; Disse também que naquela ocasião saiu para urinar e, quando retornou os seus primos e o colega estavam agredindo o ancião com chutes, socos e pedradas. Falou que depois das agressões correu para casa, tendo sabido do fato da morte do ancião no dia seguinte. Disse o menor infrator que depois das agressões, seus primos ainda o convidaram e ao colega para matarem um homem que teria convivido com a genitora dos mesmos os quais não aceitavam essa situação.
Informações cedidas pela 6ª DPR-Nova Cruz/RN

Fonte: Folha do Agreste
Compartilhar no Google +

About NCF

Autor

0 comentários:

Postar um comentário

Publicidade