Brasil lidera mortes por H1N1

O Ministério da Saúde informou, nesta quarta-feira, 26, que o Brasil superou os Estados Unidos e é o país com a maior quantidade de mortes causadas pela gripe suína no mundo em números absolutos. Mesmo assim, ainda tem a sétima taxa de mortalidade entre os 16 países com maior número de mortes.

No país, foram registradas 557 mortes pelo vírus H1N1 até o dia 22 de agosto, segundo o relatório divulgado pelo Ministério. No México, são 179; na Argentina, 439 e nos Estados Unidos, 522.

Houve diminuição no número absoluto de casos graves notificados no país, pela segunda semana seguida. A notícia dada pelo Ministério também nesta quarta poderia apontar para um recuo da doença no país.

“Ainda não é possível concluir que a tendência seja definitiva, pois existem casos em investigação laboratorial ou que não tiveram as informações sobre a conclusão diagnóstica digitadas (…) no sistema de informação.”
Compartilhar no Google +

About NCF

Autor

0 comentários:

Postar um comentário

Publicidade