Chega ao fim a greve dos professores da rede estadual

Professores da rede estadual de ensino decidem por fim à greve e retornarem às salas de aula a partir da próxima segunda-feira (15). A decisão em assembleia, na Escola Estadual Winston Churchill na tarde desta sexta-feira (12), foi em clima de discussão ao término da votação com margem de poucos votos de diferença.

A categoria aceitou a proposta do governo encaminhada à Assembleia Legislativa para um reajuste fracionado — 7,15% a partir de 1º de julho e 7,86% retroativo a março. Houve até bate-boca entre professores que participaram da assembleia deliberativa esta tarde.

Os professores da rede estadual de ensino entraram em greve no dia 2 de março, deixando aproximadamente 350 mil alunos sem aulas. O Sindicato dos Trabalhadores em Educação queria a antecipação da garantia do reajuste salarial, devido a impossibilidade do Governo autorizar o reajuste a seis meses da eleição, e também melhorias na infraestrutura e condições de trabalho para os profissionais.

A rede estadual tem 20 mil professores ativos, 13 mil aposentados e 12 mil funcionários. O comando de greve pretende mobilizar nos próximos dias professores e servidores das 756 escolas da rede estadual.

Fonte:Tribuna do Norte
Compartilhar no Google +

About NCF

Autor

0 comentários:

Postar um comentário

Publicidade