Potiguares aderem à moda da dieta da "Ração Humana"
Você já comeu ração humana? É estranho, mas ela existe e virou moda nas clínicas de emagrecimento e nas rodas de conversa em Mossoró. Sucesso na internet, pode se encontrar dezenas de receitas que prometem desde melhorar a saúde até emagrecer.

Mas será que é isso mesmo? Consultamos uma nutricionista e ela confirma: é uma mistura rica em fibras, contém vitaminas do complexo B e minerais. Ajuda a controlar o colesterol, o diabetes, melhora o funcionamento do intestino, a pele e a imunidade do organismo.

O fator de a ração humana provocar o emagrecimento tem atraído mais adeptos a dieta. "Há uns quatro meses atrás a gente vendia uns quinze kits por semana, hoje esse número cresceu uma média de 50% nos últimos dois meses.", declarou Claudia Almeida, coordenadora da Casa de Apoio a Fazenda da Esperança.

Mesmo diante de tanta facilidade a nutricionista Jarda Jacinta faz um alerta: ainda há muito improviso. A ração humana não é padronizada. Cada pacote apresenta fórmulas e composições diferentes, por isso é preciso tomar cuidado. "O ideal é evitar comprar a ração já processada porque ela pode perder as propriedades pela forma como foi armazenada", aconselha a especialista. Embora não seja muito prático, a nutricionista orienta os adeptos a comprar cada um dos ingredientes que são vendidos a granel e fazer a mistura em casa. Assim, você também tem a garantia do que está consumindo.

Ainda segundo Dra. Jarda depois a ração deve ser guardada de preferência na geladeira num pote fechado e escuro porque a luminosidade pode ajudar a oxidar o óleo que existe na linhaça e no gérmen de trigo.

Receita indicada pelos especialistas

Além da linhaça (50 g) e do gérmen de trigo (250 g), a ração deve ter também com leite de soja sem açúcar (500g), farelo de trigo (500 g), flocos de aveia (250 g), semente de gergelim com casca (100 g), açúcar mascavo (100g) ou cacau (50g), levedo de cerveja em pó (50g), guaraná em pó (50 g), quinua (100g).

Como a receita tem muita fibra, é preciso tomar muito líquido. E preste atenção para alguns cuidados: a dose diária não deve ultrapassar duas colheres das de sopa e ela pode ser um complemento principalmente para o café da manhã e o lanche da tarde.

"No almoço ou jantar a ração humana pode até ser usada no máximo como um tempero para as saladas. A ração humana também nunca deve ser usada para substituir as refeições. O emagrecimento não é restrição e diminuição brusca de alimento. É um controle e um equilíbrio alimentar ao longo do dia", diz Jarda Jacinta, nutricionista.

Em Mossoró um kit com ração humana suficiente para 15 dias já pode ser encontrada em vários estabelecimentos. Nossa equipe visitou alguns deles e constatamos uma variedade de preços. Em algumas farmácias o kit está sendo vendido por R$ 35,00. Já na Casa de Apoio a Fazenda da Esperança - localizado ao lado do Colégio Diocesano - o kit custa R$ 15,00
Compartilhar no Google +

About NCF

Autor

0 comentários:

Postar um comentário

Publicidade