Antonio se prepara para perder a presidência da Câmara

Depois de perder as Eleições 2010, a força política, que já era pequena, do Presidente da Câmara Municipal de Nova Cruz, Vereador Antônio Gomes (PR), despencou, devendo amargar como próxima derrota a presidência da câmara.

Para se eleger presidente, Antônio Gomes contou com os votos dos três vereadores peemedebistas: Dinho Soares, Geson Vitor e Luís da Verdura. Entretanto, na época, Antônio Gomes tinha o apoio do PMDB, e perdeu logo após romper com o Prefeito Flávio Azevedo, que é o principal líder do partido.

Na tentativa de ter o seu mandato de presidente prolongado por mais dois anos, o vereador Antonio Gomes tentou duas vezes se reeleger antecipadamente. Mas as eleições foram canceladas por pressão da população e vereadores que eram contrários a antecipação das eleições da câmara. O fato repercutiu mal e Antonio Gomes recuou, duas vezes.

Após a última tentativa, fracassada, de Antonio Gomes – que tentou se reeleger presidente - ficou acertado entre os vereadores que a renovação da Mesa Diretoria da Câmara Municipal seria pauta para se discutir após as Eleições 2010. Chegou o momento, mas nada propício para Antonio Gomes, que está sem força política dentro do parlamento. A derrota da sua chapa é prevista dentro dos bastidores da política como certa.

A principal perda do vereador foi o Governo do Estado. Quando negociou apoio político a Ibere Ferreira (PSB), Antonio Gomes de imediato contemplou a sua esposa com um cargo na Casa de Cultura Popular de Nova Cruz. Além de Antonio Gomes, todo o seu grupo do PR – Partido da República – presidido por Max Andrade, irmão do vice-prefeito, foram beneficiados no governo Iberê. Mas com a derrota de Iberê para Rosalba, todos estes benefícios e cargos no estado serão cortados.

Fonte: Gazeta do Agreste
Compartilhar no Google +

About NCF

Autor

0 comentários:

Postar um comentário

Publicidade