Emissão de cheques sem fundos aumenta após cinco meses de queda

A emissão de cheques sem fundos voltou a crescer em novembro, após cinco meses de queda. De acordo com o Indicador Serasa Experian de Cheques Sem Fundo divulgado hoje (20), 1,68% dos cheques depositados em novembro não foi compensado por falta de dinheiro em conta. Em outubro, esse percentual era de 1,56%.

Para a Serasa, o aumento deve-se principalmente ao uso do cheque nas compras do Dia da Criança. Segundo o relatório da empresa sobre inadimplência, em outubro mais consumidores usaram o cheque para não comprometer o limite das outras formas de crédito. Alguns, porém, não conseguiram arcar com essas dívidas no mês seguinte.

O indicador da Serasa apontou também que, apesar do aumento do número de cheques devolvidos, a quantidade de cheques sem fundos em novembro é a menor para este mês desde 2005. Foram 1,6 milhão de cheques sem fundo, contra 95 milhões de compensados.

Ainda de acordo com a Serasa, a inadimplência dos cheques vem caindo neste ano. Nos 11 meses de 2010, 1,77% dos cheques eram sem fundos. Durante o mesmo período do ano passado, o percentual era de 2,17%.

Fonte: Agência Brasil.
Compartilhar no Google +

About NCF

Autor

0 comentários:

Postar um comentário

Publicidade