Chuvas trazem esperança para os moradores do interior do RN

Água escorrendo pela terra ressacada, barreiros cheios, preces aos céus, esperanças renovadas. Assim era o clima na manhã deste sábado no interior do Rio Grande do Norte depois das chuvas que atingiram todas as regiões do Estado, com mais intensidade no Oeste e no Seridó. De acordo com informações publicadas em blogs e postas nas redes sociais, há registro de chuvas superior a 200 milímetros. 

Os números são extraoficiais porque o Boletim Pluviométrico da Emparn, órgão do governo responsável pela coleta de dados e acompanhamento do clima no Rio Grande do Norte, só serão divulgado no final da manhã da próxima segunda-feira. Mas pelo volume relatado no twitter e no facebook, foi o final de semana mais chuvoso desde o final do inverno de 2011. Em Upanema, município onde está localizada a Barragem Umari, a chuva começou por volta das 18h30, com relâmpagos e trovões,  e até a manhã de hoje o tempo permanecia chuvoso com intensidade moderada.

As chuvas foram generosas no Oeste. “Em Campo Grande, foram mais de 200 milímetros de chuva. Todos os açudes sangrando”, informa o jornalista Cézar Alves. “Percorremos nesta manhã  105 quilômetros da Chapada do Apodi. Chuva em todo o percurso Mossoró-Baraúna-Quixeré-Limoeiro. Previsão 150 mm até o momento”, complementou o professor Josivan Barbosa, ex-reitor da antiga Escola Superior de Agricultura de Mossoró (Esam), hoje Universidade Federal do SemiÁrido (Ufersa).

No Seridó há relatos de chuvas de 170 milímetros no Sítio Lagoa da Serra, em Serra Negra do Norte; 160 mm no Sítio Logradouro, em Timbaúba dos Batistas; 120 mm no Sitio Carrapateira, em Caicó, e pelo menos outros 20 registros de chuvas abaixo dos 100 milímetros.  O final de semana também começou com chuvas fortes na região Central:  “Chuva de aproximadamente 300 milímetros no Sítio Espinheirinho. Todos os açudes e barreiros sangrando”, informou o blogueiro Aclesivan Soares.O sítio fica entre Assu e Mossoró.

Conhecedora do drama da falta de água para abastecimento humano quando prefeita de Mossoró, a governadora Rosalba Ciarlini usou as redes sociais para falar das chuvas:  “A caminho da Nísia Floresta, com o Ministro da Pesca, Marcelo Crivella, tenho a felicidade de confirmar chuva em vários pontos do Interior”.  Rosalba lembrou que as chuvas estavam presentes também  na Região Metropolitana de Natal, onde moram quase 40% da população do  RN: Essa chuva é essencial  para recompor nossos reservatórios, que estão em nível crítico.”

Antes de a solenidade começar, a governadora postou uma mensagem agradecendo a Deus pelas chuvas: “A chuva desses dias é uma bênção. Momento de intensificar nossas orações. Que chova em todo o Nordeste, castigado pela pior seca em um século.” 

No interior, as chuvas eram o assunto do dia:  No twitter, as informações sobre chuvas no interior do Rio Grande do Norte não param de chegar na manhã deste sábado. De Caicó, Loloza Medeiros, dizia: "Você precisa ver o semblante dos seridoenses na feira-livre. E agradecia: "Obrigado meu Deus! que venha mais."

Para o semiárido, as chuvas deste final de semana representam apenas o fim do sufoco em algumas comunidades rurais, que não tinham água nem mesmo para salvar o rebanho. Mas elas dão esperança aos produtores do Agreste, cujo inverno geralmente começa no final de abril e se estende até o início de julho.

Chuvas no RN

Sítio Lagoa da Serra – Serra Negra do Norte – 170mm
Sítio Logradouro dos Enés – 162mm
Sítio Logradouro (Timbaúba dos Batistas) – 160mm
Sítio Emcapinado (Timbaúba dos Batistas) – 148mm
Sitio Carrapateira (Caicó) 120mm
São José de Brejo do Cruz – 110mm -PB
Timbaúba dos Batistas – 110mm
Furna da Onça – Caicó – 110mm
Sitio Bela Flor – Caicó 102mm
Sitio Pintado – Timbaúba dos Batistas -100mm
Vila 1 do Sabugi – Caicó – 100mm
Barra de Santana – 96mm
Pelicano – Caicó – 92mm
Sitio Carrapateira – 90mm
Chuvas em São Fernando na Emater 86mm
Sitio Fechado – Jardim de Piranhas – 80mm
Bairro Recreio (Caicó) – 77mm
Sitio Santa Cruz – Jardim de Piranhas – 75mm
Sitio Malhada – São Fernando – 75mm
Bairro Barra Nova Caicó – Sarg. Sobrinho – 73mm
Sitio ramada – São Fernando -72mm (açude da comunidade tomou 1 metro)
Vila 2 do Sabugi – Casa de Odete – 72mm
Nova Caicó – 72mm
Na BrasilGás, (Centro de Caicó) – 70mm
Sítio Várzea Redonda – Caicó -70mm
Sítios Garcia 70mm e São Jerônimo 62mm – São Fernando
Sítio Umarizeiro São Fernando – 69mm
Bairro João XXIII (Caicó) – 62mm
São João do Sabugi – 60mm
6º BPM (Caicó) – 57,7mm
São João do Sabugi – 45mm
São Mamede – PB – 42mm
Sítio Recanto (Caicó) – 40mm
Comunidade Palma – Caicó -40mm
Faz. Brejinho – São João do Sabugi – 37mm
Sítio Manhoso 22,5mm
Barra da Espingarda – 22mm
St. Manhoso – Caicó – 22mm
Jardim do Seridó – 22mm
São José do Seridó – 13mm
Cruzeta – 10mm
Compartilhar no Google +

About NCF

Autor

0 comentários:

Postar um comentário

Publicidade