Menor mata jovem dentro da escola

A violência que ronda as escolas do interior do Rio Grande do Norte registrou mais um caso na tarde de ontem. Um adolescente de apenas 15 anos de idade matou um jovem de 20 esfaqueado dentro de uma escola pública do município de Porto do Mangue. A agressão foi praticada na presença de outros alunos e teria sido motivada por uma rixa. O menor foi apreendido logo após o ocorrido.
Segundo informações da Delegacia de Polícia Civil da cidade vizinha de Areia Branca, o fato aconteceu por volta das 14h30. O adolescente pulou o muro da Escola Estadual Professora Josélia de Souza Silva para conseguir ter acesso à unidade de ensino e invadiu a sala de aula, onde se encontrava a vítima identificada por Josimar Arruda. 

Ainda de acordo com relatos da Delegacia de Polícia Civil de Areia Branca, após invadir o local, o menor foi em direção ao jovem de 20 anos e desferiu golpes de faca peixeira contra a vítima. A ação foi presenciada por outros alunos do colégio e também por uma professora que se encontrava na sala de aula. Diante do ocorrido, as testemunhas do ataque ficaram perplexas e sem reação.

As informações da Delegacia de Polícia Civil de Areia Branca, repassadas para o jornal De fato, através de telefone, também dão conta de que depois de esfaquear o jovem, o adolescente ainda chegou a empreender fuga, mas foi capturado por policiais e encaminhado para os procedimentos cabíveis na unidade policial de Areia Branca. Após ser apresentado ao Ministério Público em Assú, o menor seria conduzido para  Natal.

A vítima ainda foi socorrida para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos oriundos dos golpes de arma branca e morreu na unidade de saúde. A Polícia Civil informou que a motivação do ocorrido seria uma suposta rixa entre os dois, envolvendo a namorada de um deles, e que a faca peixeira teria sido jogada pelo menor em uma área de salina. A arma não foi encontrada.

Escola em choque


Em conversa com a reportagem do jornal De Fato, por telefone, a diretora da Escola, Ivoneide Lopes, falou sobre o ocorrido. “A escola está em estado de choque”, contou ela. “Nunca imaginei que isso poderia acontecer”, acrescentou.

Ivoneide também relatou que o fato se deu na turma do 3º ano do Ensino Médio, onde a vítima estudava. Segundo a diretora, no momento do ocorrido, se encontravam cerca de 20 alunos na sala de aula, com a faixa etária até 21 anos de idade e um professor que é de Mossoró. “Ele era um menino calmo, brincalhão”, revelou a diretora sobre a vítima. 

A diretora também contou que devido ao fato as aulas na escola foram suspensas até a próxima segunda-feira (27). “Não temos condições de ter atividades letivas nesta semana. Estamos todos abalados. A escola está de luto”, finalizou ela, informando que representantes do Governo do Estado já teriam entrado em contato com a direção da escola e solicitado que o colégio prestasse toda a assistência para com a família do jovem morto.

Casos de violência em escolas do RN vêm sendo registrados de forma recorrente. Em Mossoró, semana passada teve interrupção de aulas por causa da criminalidade na Escola Municipal Raimunda Nogueira do Couto, no bairro Santo Antônio. Na ocasião, foi registrada uma troca de tiros entre traficantes de drogas. E em 2012, casos de violência foram registrados nas escolas Tertuliano Ayres Dias (estadual) e José Benjamim (municipal). 
Compartilhar no Google +

About NCF

Autor

0 comentários:

Postar um comentário

Publicidade