Morre turista atacada por tubarão em praia de Recife

A turista paulista Bruna da Silva Gobbi, de 18 anos, que foi atacada por um tubarão na praia de Boa Viagem, em Recife, e teve a perna amputada após o acidente, morreu por volta das 23h30 desta segunda-feira (22). O ataque aconteceu às 13h20 e após ser socorrida, a jovem teve a perna amputada na altura da coxa em cirurgia realizada às 15 horas, no Hospital da Restauração, na capital de Pernambuco. Depois da cirurgia, Bruna foi levada para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e respirava com ajuda de aparelhos. O estado de saúde da jovem era considerado grave e ela acabou falecendo depois de uma parada cardiorespiratória. De acordo com testemunhas, a turista tomava banho com água na cintura, quando sofreu uma mordida profunda na coxa. Socorrida por uma viatura da Polícia Militar (PM) e levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Bruna foi transferida para o Hospital da Restauração, diante da gravidade do quadro. Desde 1992, foram registrados 59 casos de ataque de tubarão no litoral da capital pernambucana e Grande Recife. Deste total, 23 banhistas morreram. Segundo o Comitê Estadual de Monitoramento de Incidentes com Tubarões (Cemit), em junho, foi registrada uma morte em Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife. O ataque anterior havia acontecido em setembro, em Boa Viagem. As espécies cabeça-chata e tubarão-tigre são as mais comuns na área Em toda a extensão das Praias de Boa Viagem e Piedade - em Jaboatão dos Guararapes -, há placas alertando para o risco. Nesta área, aconteceram 70% dos ataques nos últimos 21 anos.
Compartilhar no Google +

About NCF

Autor

0 comentários:

Postar um comentário

Publicidade