No Estado do RN, 16% dos inscritos são “treineiros”, segundo Inep

A hora de passar para o papel o resultado de meses de estudos se aproxima. Nos próximos sábado (26) e domingo (27), 167.673 estudantes potiguares abrirão os cadernos do Exame Nacional do Ensino Médio – Enem 2013. Entre os participantes no Rio Grande do Norte, 112.362 terminaram o ensino médio e outros 28.430 deverão concluir esta etapa ainda este ano. Por outro lado, 26.881 inscritos – 16% do total – ou concluem o ensino médio a partir de 2014 (22.714) ou não concluíram e nem estão cursando esse nível escolar (4.167).
Com o horário de verão, é preciso ficar atento: no RN, os portões de acesso serão abertos às 11h e fechados às 12h. No dia da prova, o participante deve ter em mãos caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente, que é obrigatória para o exame.

O Enem é composto por quatro provas objetivas, com 45 questões cada, e uma redação. No sábado, os estudantes terão 4h30 para realizar as provas, que envolvem Ciências Humanas e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias. Já no domingo, as provas terão duração de 5h30, envolvendo Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Matemática e suas Tecnologias.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) sugere que os participantes verifiquem com antecedência na página do Inep o local de prova para o qual foram designados. Outra dica é fazer o trajeto até o local de prova antes do dia do exame.

Nos cursinhos, os participantes do Enem fazem as últimas revisões para a prova. No CDF da Avenida Deodoro da Fonseca, ontem foi dia de repassar o conteúdo de Soluções da prova de Química. Para o professor da disciplina, Kleiber Bezerra, duas dicas são fundamentais nessa reta final.

“É importante ter tranquilidade, dormir bem e, na hora da prova, deixar por último aquelas questões que sentirem maior dificuldade”, aconselha Kleiber. 

Na primeira fila, Deyse Amaral, de 26 anos, acompanhava com atenção o experimento do professor para compreender a função dos catalisadores em uma solução. Ela pretende fazer o curso de C&T. “A expectativa é a aprovação. Acredito que estudei o suficiente. Eu já sou mãe, então estudei o que foi possível”, conta.
Transporte

Nos fins de semana, há uma redução da frota de ônibus de Natal devido ao número menor de trabalhadores e estudantes que circulam na cidade. Por outro lado, com o Enem, espera-se que haja um aumento na demanda, mas a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) ainda não tem detalhes de qual será a frota necessária. 

Segundo o secretário adjunto de Transportes da Semob, Clodoaldo Cabral, até ontem ainda não havia definição alguma porque faltava, principalmente, a informação oficial a respeito do número de inscritos.

“Estamos acompanhando, mas ainda não recebemos informação oficial dos horários de prova. Acredito que até amanhã tenham mandado alguma coisa, mas geralmente mandam em cima da hora. Sempre chega nas vésperas”, informou Cabral.
Compartilhar no Google +

About NCF

Autor

0 comentários:

Postar um comentário

Publicidade