Natal recebe sieis seleções na copa do Mundo de 2014

Um confronto com seis títulos mundiais em campo (Uruguai x Itália); A seleção cuja segurança é uma preocupação no mundo inteiro e que tem, até o momento, o maior contingente de compradores de ingressos para o Mundial depois dos brasileiros (Estados Unidos); A campeã da Europa em 2004, derrotando Portugal que era comandada por Felipão (Grécia); A seleção que revelou para o mundo o talento de Roger Milla (Camarões); Os atuais carrascos da Seleção Brasileira (México) e Gana, que tem um dos mais bem pagos astros que jogam no futebol europeu no momento (Boateng). 
Estas serão as atrações de Natal na Copa do Mundo do Brasil, ano que vem. A escolha das seleções que desfilarão na Arena das Dunas aconteceu através de sorteio realizado ontem pela Fifa, na Costa do Sauípe, na Bahia.
A abertura da Copa em Natal acontece no dia 13 de junho, 24h depois da partida que abrirá o mundial entre Brasil e Croácia, em São Paulo. A Arena das Dunas receberá às 13h México e Gana. O segundo jogo local está marcado para o dia 19/06 às 19h com Grécia e Japão entrando em campo. 
A terceira e principal partida será disputada no dia de um dos principais santos festejados no Nordeste, São João. Dia 24/06, às 13h jogam Uruguai (bicampeão mundial) e Itália (tetracampeão). 
Os uruguaios, campeões em 1950, em cima do Brasil, no Maracanã, não deixam boas lembranças nem mesmo para o rei Pelé. “Já falei algumas vezes e isso não sai da minha memória. Na Copa de 1950, eu era um garotinho e vi meu pai, que jogava no Bauru, chorando porque o Brasil tinha perdido a Copa. Não quero que meus filhos me vejam chorando”, afirmou Pelé, ontem no sorteio. 
Os  italianos nos trazem boas lembranças dos dois títulos mundiais conquistados sobre a “Azurra”, mas também são responsáveis por outro grande trauma do futebol nacional. A eliminação da seleção de 1982, no estádio Sarriá, na Espanha.
O resultado do sorteio foi comemorado pela governadora Rosalba Ciarlini (DEM), que acompanhou a solenidade na Costa do Sauipe. "É uma grande alegria saber que receberemos seleções tão importantes para jogar na nossa Arena das Dunas. Tenho certeza de que todos farão um grande espetáculo, principalmente no jogo entre Itália e Uruguai. Também fico feliz em saber que os Estados Unidos estarão de volta, para mais uma vez fazer parte da história de Natal", afirmou Ciarlini, referindo-se ao fatos dos norte-americanos terem “invadido” Natal na época da segunda guerra mundial, incluindo a construção da Base Aérea da cidade.
Secretário especial da Copa e responsável pela construção do Arena das Dunas, Demétrio Torres disse que foi "muito positiva" a definição das seleções que estarão na capital potiguar. "O melhor de tudo é que jogarão times de cinco continentes diferentes, promovendo uma união dos povos na festa do futebol mundial e nós proporcionaremos o palco", comentou.

Compartilhar no Google +

About NCF

Autor

0 comentários:

Postar um comentário

Publicidade