UERN vai usar vestibular e Enem para ingresso de alunos em 2015


A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) vai adotar um sistema misto de ingresso nos cursos de graduação em 2015. Nesta quarta-feira (27), o  Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) aprovou que 40% da entrada de novos alunos será a partir do Processo Seletivo Vocacionado Integrado (PSVI) e 60% pelo Exame Nacional do Ensino Médio.

Com a medida, a universidade acata a recomendação do Ministério Público para manter o vestibular. Durante a reunião, o promotor Olegário Gurgel, um dos autores da recomendação, afirmou que o MP não pretende interferir na autonomia da universidade, mas disse que o colegiado tinha pouco tempo para mudar a forma de ingresso.
O estudante Francisco das Chagas de Medeiros, integrante do Consepe, se absteve de votar. Segundo ele, o sistema misto reduz o montante de recursos destinados para a universidade. "Entendo que os alunos já estão acostumados com o ENEM e também porque, com essa nova forma, a UERN vai perder recursos", disse.

Com a adesão de 60% ao Enem/SiSU, a UERN receberá R$ 1 milhão 950 mil (R$ 300 mil a menos do que com a adesão total). Já a partir de 2016, o Enem será a única forma de seleção de estudantes.
Compartilhar no Google +

About NCF

Autor

0 comentários:

Postar um comentário

Publicidade